Fale conosco:

(47) 3027-1183

Blog

Duque demite 200 funcionários em Joinville e sindicato pede bloqueio de bens na Justiça

Duque demite 200 funcionários em Joinville e sindicato pede bloqueio de bens na Justiça

Crise financeira já dura mais de meio ano e as despesas financeiras consomem o resultado operacional

 

A Metalúrgica Duque, de Joinville, demitiu 200 funcionários (20% do total, aproximadamente) para reduzir custos. A empresa passa um longo período em que as encomendas diminuiram e falta matéria-prima para produzir em volumes grandes.

A crise financeira já dura mais de meio ano e as despesas financeiras consomem o resultado operacional. A empresa produz itens para os mercados de bicicletas e motocicletas. Tradicional empresa joinvilense, está no mercado há mais de 50 anos.

AN publicou, na semana passada, que a Duque tinha dispensado trabalhadores, pedindo para ficarem em casa.

Por conta da grave situação econômico-financeira, o sindicato dos mecânicos é autor de processo de número 13156720135120028, que corre na 3ª vara do Trabalho de Joinville. Nele, pede, em ação cautelar, o bloqueio de bens da empresa metalúrgica, como forma de preservar direitos trabalhistas.

As rescisões estão sendo homologadas pelo sindicato dos mecânicos na sede do centro esportivo, apesar do pagamento não estar sendo feito de modo integral.

— A empresa se compromete a fazer os pagamentos das rescisões de modo parcelado. Mas, o compromisso de pagar a primeira parcela — que deveria teria sido paga nesta quarta-feira, não foi honrado, diz a assessoria jurídica do sindicato.

Até agora, a Duque só pagou 42% dos salários de setembro. O sindicato programou manifestação para esta quinta-feira, em frente à sede da fábrica.

Em julho deste ano, parte dos trabalhadores já tinham paralisado os trabalhos por um dia por causa do atraso no pagamento de salários.

Antes, em balanço publicado e encaminhado aos órgãos oficiais, a Duque admitia dificuldades financeiras graves, e tentava tranquilizar clientes e fornecedores com a busca recursos junto a bancos.

Ainda não conseguiu os créditos necessários para retomar nível de produção desejado. A Duque é empresa listada na Bolsa de Valores e Futuros (Bovespa).

Contatada por telefone às 9h33 desta quarta-feira, para explicar sua posição frente aos fatos, a diretoria estava reunida. AN deixou números de telefones e email para retorno da ligação por parte do empresário Mário Eduardo Hagemann ou outro porta-voz.

FONTE: A NOTÍCIA

Compartilhar

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − quinze =