Fale conosco:

(47) 3027-1183

Blog

Representantes dos trabalhadores catarinenses entregam pauta de reivindicação para reajuste do Piso Salarial Estadual

Representantes dos trabalhadores catarinenses entregam pauta de reivindicação para reajuste do Piso Salarial Estadual

Neste dia 13 de outubro, segunda-feira, os representantes das Centrais Sindicais, Federações de Trabalhadores e Dieese-SC estiveram na FIESC para entregar a Pauta de Reivindicações para o reajuste do Piso Salarial Estadual estabelecido pela Lei Estadual Complementar nº 459 para o ano de 2015.

 A proposta dos trabalhadores para valores do Piso Salarial Estadual, para vigorar a partir de 01/01/2015, de acordo com as faixas estabelecidas no artigo 1º da Lei é de:

– Inciso I: de R$ 835,00 para R$ 961,00;

– Inciso II: de R$ 867,00 para R$ 997,00;

– Inciso III: de R$ 912,00 para R$ 1.050,00 e

– Inciso IV: de R$ 957,00 para R$ 1.100,00.

Os representantes dos trabalhadores solicitaram ainda a realização de reunião entre os representantes das federações patronais para a negociação, ficando estabelecida como data indicativa o dia 20 de novembro de 2014. De acordo com o coordenador sindical do Dieese-SC, Ivo Castanheira, também diretor da FECESC (Federação dos Comerciários), a entrega da pauta marca o início formal das negociações e ela ocorre agora em outubro num esforço para permitir que a negociação e aprovação do reajuste do piso ocorra ainda em 2014.

Em 2013, pela primeira vez, a negociação do reajuste do piso ocorreu ainda em dezembro, entrando em vigor em janeiro de 2014, junto com o reajuste do salário mínimo estadual. “Nossa intenção é fazer o mesmo em 2014, para que, em 2015, os trabalhadores contem com seu piso reajustado a partir de janeiro de 2015”, afirmou Castanheira. O processo atual exige que, depois de negociada pelos representantes dos trabalhadores e patrões, a proposta acordada seja apresentada ao governador, que encaminha então para a aprovação dos deputados na Assembleia Legislativa.

O presidente da CUT-SC, Neudi Giachini, que esteve presente na entrega da pauta, lembrou que o Piso Salarial Estadual foi instituído em Santa Catarina em 2010 e que, desde então, se tornou referência para todas as categorias de trabalhadores no estado.

O presidente da FIESC, Glauco José Côrte, recebeu a pauta em nome da FIESC e Carlos José Kurtz, assessor jurídico, recebeu em nome do COFEM (Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina). Os trabalhadores foram representados pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical, CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), NCST (Nova Central Sindical dos Trabalhadores), UGT (União Geral dos Trabalhadores) e FETIESC (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias do Estado de Santa Catarina).

Fonte: Assessoria da Fecesc

Compartilhar

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 1 =