Fale conosco:

(47) 3027-1183

Blog

Encontro da mulher Trabalhadora Metalúrgica de Santa Catarina reúne cerca de 280 mulheres

Encontro da mulher Trabalhadora Metalúrgica de Santa Catarina reúne cerca de 280 mulheres

Trabalhadoras das categorias Metalúrgica e Mecânica participaram do evento

O IX Encontro da Mulher Trabalhadora Metalúrgica, organizado pelo Departamento Estadual dos Metalúrgicos (CNM/CUT) reuniu no último sábado, (08/03) dia Internacional da Mulher, cerca de 280 trabalhadoras. O evento foi realizado na Chácara Recanto Paraíso da Serra em Campo Alegre e o dia foi reservado para as trabalhadoras debaterem sobre o papel da mulher na sociedade, principalmente, no mercado de trabalho. No encontro estavam presente as trabalhadoras Metalúrgicas e Mecânicas de Joinville, Jaraguá do Sul e São Bento do Sul, Rio Neguinho, Corupá,Guaramirim, elas participaram de uma conversa com as convidadas: Anna Julia Rodrigues, Secretária Geral da CUT-SC, Jucélia Vargas de Jesus, Secretária da Mulher Trabalhadora da CUT-SC e também com a deputada Federal do PT-SC, Luci Choinacki. 

A Secretária Geral da Cut – SC, Anna Júlia lembrou que as mulheres estão se qualificando mais que os homens. Elas são maioria com nível superior, mas infelizmente, os homens ainda dominam o mercado de trabalho, ocupando maior parte das vagas e recebendo salários maiores. “É por isso que as mulheres precisam ocupar os espaços que até então eram ocupados por homens, para ter cada vez mais força e continuar lutando por melhores condições para a classe trabalhadora, também falou sobre o auxílio à creche e a licença maternidade de 180 dias, como um direito da criança, portando esta luta é um dever de homens e Mulheres.”, salientou.

Já a Secretária da Mulher da CUT-SC, Jucélia falou sobre como a discriminação que existe na sociedade, ao atribuir aos homens à condição de donos do saber e às mulheres o papel feminino, subordinado ideologicamente ao poder masculino, e essas desigualdades infelizmente ainda são muito presentes nas relações. A palestrante lembra que desde pequena as meninas são ensinadas a ser donas de casa, ganhando panelinhas, fogãozinhos. “Precisamos buscar a igualdade em direitos políticos, jurídicos e econômicos”, destaca. Jucélia ressalta a força da mulher e enfatiza que só depende dela, ela pode ocupar o lugar que quiser.

Exemplo disso é a presidente Dilma, primeira mulher eleita presidente no Brasil. A deputada Luci Choinacki falou sobre a importância da mulher na política. Segundo ela, muitas mulheres não acreditam que é possível ocupar cargos na política. Falou ainda que os projetos de Lei que ampliam os direitos das mulheres foram elaborados, apresentados e defendidos por mulheres, por isso ressaltou a importância de eleger para o parlamento Mulheres comprometidas com a classe trabalhadora. “Eu sempre trabalhei na roça e sai para ser deputada, é difícil, mas não é impossível”. Após a conversa, as trabalhadoras e seus filhos puderam aproveitar o dia para se divertir e descontrair em um ambiente em meio à natureza com diversas atividades de lazer. 

Compartilhar

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 − três =