Fale conosco:

(47) 3027-1183

Blog

Para BNDES Plano da Busscar é Ruim

Para BNDES Plano da Busscar é Ruim

O Presidente do Sindicato dos Mecânicos, Evangelista dos Santos e o vereador Levi Rioschi participaram de uma reunião no BNDES nesta segunda-feira (04/08)

Desde a apresentação do Plano de Recuperação da Busscar Ônibus, há aproximadamente dois meses, vêm sendo discutida as propostas, principalmente, com relação ao pagamento dos créditos trabalhistas. Representantes dos Sindicatos dos Mecânicos de Joinville, dos Plásticos de Joinville e de Rio Negrinho procuraram ouvir todos os envolvidos. Além das reuniões na sede da Entidade, a Câmara de Vereadores também realizou alguns encontros.

Uma comissão Especial foi criada na Câmara de Vereadores de Joinville em maio desde ano, com o objetivo de discutir a situação da Busscar. E na tarde desta segunda-feira (04/08), o presidente da Comissão, vereador Levi Rioschi e o presidente do Sindicato dos Mecânicos, Evangelista dos Santos participaram de uma reunião com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES), Luciano Coutinho, Chefe do Gabinete da Presidência, Sergio Gusmão Suchodolski e Chefe de Departamento de Recuperação de Créditos, Luciane Costa Carpena. O encontro foi na Sede do BNDES no Rio de Janeiro.

O objetivo da reunião, agendada pela comissão da Câmara de Vereadores, foi ouvir dos representantes do Banco, qual é a análise deles diante do Plano de Recuperação. O presidente, Luciano Coutinho afirmou que, não há condições de o BNDES aceitar o plano nas circunstâncias propostas. Sobre uma possível sugestão de alteração, Luciano diz que, enquanto a família Nielson estiver à frente do negócio, não há acordo, já que não existe confiança com os atuais proprietários. Segundo ele, a liberação de crédito poderá ser negociada com possíveis investidores interessados.

Para os representantes do BNDES, o melhor caminho é a falência, já que, facilita a venda e possíveis compradores não assumem o passivo, principalmente, dívidas com o fisco. O presidente não concorda com a venda do patrimônio para recuperação, pois entende que o patrimônio é a única garantia de pagamento aos credores.

O BNDES e o Santander são os principais bancos credores da Busscar. Juntos somam mais de 100 milhões a receber. Durante reunião com representantes do Santander no mês de julho, o vereador Levi ouviu praticamente os mesmos argumentos. O Santander não tem interesse de aprovar o plano apresentado.

O presidente do Sindicato dos Mecânicos, Evangelista dos Santos agradece o convite da Comissão Especial, em especial ao vereador Levi Rioschi e aos representantes do BNDES pela receptividade.

A Assembleia Geral de Credores será no dia 19 de Agosto no Centreventos Cau Hansen a partir das 9 horas para credencial e as 14 inicia a apresentação e discussão do Plano e em seguida, a votação. Informamos também que quem assinou procuração, poderá participar e votar. Caso não compareça, será mantida a procuração. 

Compartilhar

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × 5 =